Soluços em Bebé: Causas e Como Fazer Parar 05.05.2024

Os soluços em bebé são bastante comuns mas, para qualquer recém-papá ou recém-mamã que esteja a cuidar do seu bebé, existem determinados comportamentos que podem assustar, não é? Principalmente me caso de primeira viagem.

Por isso mesmo, é importante reconhecer os soluços em bebé, aprender a atuar perante a situação, conhecer as suas causas e descobrir o modo como pode prevenir aquilo que é, na prática, um verdadeiro incómodo.

Os soluços em bebé são frequentes e podem surgir por diversas razões. Embora o conhecimento adequado sobre a matéria permita colocar de lado maiores preocupações, é importante ter em conta que existem alguns erros passíveis de se cometer e que podem transformar os soluços em bebé numa situação mais perigosa.

 

O que Ter em Conta Sobre os Soluços em Bebé

Os bebés têm o corpo em constante desenvolvimento. Nesta fase, é bastante comum haver espirros, sustos e soluços, sem que tal tenha um significado necessariamente patológico. 

Na prática: é um problema que não se prolonga por muito tempo, sendo quase sempre esporádico ou ocasional, embora possa ser recorrente. 

Geralmente, os soluços em bebé são muito frequentes, mas somente durante os primeiros 6 meses de vida, sendo bastante comum ocorrerem após as refeições. 

Normalmente, os soluços em bebé são provocados por contrações do diafragma (músculo envolvido na respiração), o que também significa um fortalecimento do mesmo. 

Além disso, convém ter em conta que os soluços em bebé são eventos importantes. Quando soluçam, os recém-nascidos estão também a aprender a controlar os músculos ligados à respiração.

Além disso, sabia que os soluços em bebé ocorrem mesmo durante a gravidez? Pois é, muitas pessoas desconhecem esta facto que nos indica que desde a barriga da mãe que os mais pequenos sofrem de episódios de soluços recorrentes. 

Mesmo assim, os soluços em bebé tendem a ser passageiros, sem necessidade de qualquer intervenção dos cuidadores para que terminem. 

 

O que Causa os Soluços em Bebé?

Os soluços em bebé ou em crianças e adultos consistem em espasmos involuntários do diafragma – um músculo do corpo humano que, na prática, separa as cavidades abdominal e torácica uma da outra.

Contudo, nos bebés, os soluços devem-se maioritariamente à imaturidade do diafragma e do sistema nervoso que o controla, tendencialmente após a ingestão de líquidos ou sólidos.

É também devido à imaturidade do diafragma que os episódios de soluços em bebés tendem a ser mais recorrentes. Contudo, com a idade e a maturidade do organismo, os episódios passam, naturalmente, a ser menos comuns.

Mesmo assim, qualquer coisa que irrite o diafragma pode provocar este problema. Eis algumas das causas mais comuns para os soluços em bebé:

  • Indigestão;
  • Estômago cheio (compressão e contração do diafragma, o que, por sua vez, gera os soluços);
  • Comida ingerida demasiado quente;
  • Comer muito depressa. Em média, deve demorar-se 20 minutos a concluir uma refeição;
  • Engolir muito ar, enquanto come; 
  • Frio; 
  • Não ter arrotado, antes do bebé ser deitado no berço;
  • Posição incorreta do bebé, enquanto come.

 

Há Perigos Associados aos Soluços em Bebé?

Geralmente, os pais ficam muito preocupados com os soluços em bebé e questionam-se: “Será que são perigosos? Ou causam dor?” – para ambas as questões, a mesma resposta: não.

Ocasionalmente, os soluços em bebé podem ser bastante intensos, a ponto de provocar o vómito. Contudo, estes tendem a ser episódios esporádicos sem perigo nem dor.

Porém, são naturalmente desconfortáveis e é normal que pais ou cuidadores desejem parar os soluços do bebé, de modo a que os mais pequenos não tenham de lidar com o desconforto.

 

Como Parar os Soluços em Bebé?

Ter paciência é importante. Espere e permita que o corpo do bebé se corrija naturalmente. Geralmente, os soluços em bebé desaparecem sem intervenção. 

No entanto, há alguns procedimentos que podem ajudar a parar o episódio. Eis algumas estratégias que permitem acalmar o bebé: 

  • Agasalhar
    Quando surgem, certifique-se primeiro de que o bebé se encontra bem agasalhado. O frio é uma das causas para os soluços em bebé. Logo, convém assegurar-se de que o bebé está bem agasalhado;
     
  • Amamentar
    É comum usar a estratégia de dar de mamar ao bebé ou oferecer-lhe o biberão. Esta pode ser uma solução pois o reflexo de sucção irá ajudar a bloquear o espasmo do diafragma;
     
  • Dar água
    Outra estratégia consiste em dar-lhe de beber alguns goles de água. Os soluços em bebé tendem a parar pela mesma razão apresentada no caso da ingestão do leite: a sucção bloqueia o espasmo;
     
  • Oferecer a chupeta
    A chupeta também pode ajudar a interromper os soluços em bebé porque pode ajudar a relaxar o diafragma;
     
  • Distrair
    Envolver o seu bebé em atividades lúdicas funciona como uma distração. É importante acalmá-lo, pois isso pode ajudar o recém-nascido a desviar a sua atenção dos soluços;
     
  • Colocar na posição vertical
    Se o bebé tiver comido recentemente, ele deve ser colocado na posição vertical. Os soluços em bebé tendem a parar quando ele fica encostado a si, para arrotar, após a refeição. Por isso, arrotar ajudará a expelir esse ar.

Nota: Nestes episódios de soluços em bebé, não abane ou sacuda a criança, nem a tente assustar. Essas ações, além de não pararem os soluços, podem magoar o bebé.

Dicas para os Soluços no Bebé

Dicas para Prevenir o Surgimento de Soluços em Bebé

Frequentemente, os soluços em bebé são uma reação ao frio. Por isso, manter o bebé agasalhado é uma boa estratégia para prevenir os soluços. 

Como as mudanças de temperatura podem provocar soluços em bebé, torna-se essencial evitar as correntes de ar, também. No momento de alimentar o recém-nascido, resguarde-se para proteger o bebé das alterações bruscas de ambiente.

Ao mesmo tempo, pode ainda ter alguns cuidados no momento de dar de mamar. Ao amamentar, primeiro, certifique-se de que o recém-nascido se encontra a agarrar bem o mamilo.
 

No momento de lhe dar o peito, faça-o aos poucos e interrompa-o para permitir que o bebé respire. Depois, volte a dar-lhe o peito.


Outra forma de evitar os soluços em bebé consiste em alimentar o bebé quando se encontra tranquilo e sem tanta fome. Assim, conseguirá fazer com que ele coma mais devagar e, desta forma, evitará que engula ar e dê origem aos soluços.

Outra causa poderá ser o orifício da tetina demasiado estreito ou largo, se o bebé mamar pelo biberão, o que implicará a ingestão de ar.

 

Quando é que os Soluços em Bebé Exigem uma Ida ao Médico?

Quando considerar que os soluços em bebé se mantêm por muito tempo ou quando os soluços se apresentarem de tal modo que impede o bebé ou a criança de se alimentar ou dormir normalmente, deve consultar um médico. 

Além disso, se os episódios são muito frequentes, tal pode significar que o bebé tem refluxo (refluxo gastroesofágico que ocorre quando o alimento retorna do estômago à boca) e, por isso, deve consultar o médico ou pediatra também. 

autor: Bolas de Sabão

0 comentários

Gostou deste artigo?

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *
O seu comentário ficará visível após aprovação.

Saiba mais sobre:

Acompanhe todas as novidades! Subscreva a nossa newsletter

Subscrever Newsletter