4/24/2023

As fraldas reutilizáveis podem transportar-nos até ao tempo dos nossos avós mas, hoje, já não é bem assim. Muito pelo contrário. As fraldas reutilizáveis do século XXI são uma alternativa mais ecológica, mais segura e até mais financeiramente sustentável.

Continue a ler e fique a par de tudo o que precisa para começar a utilizá-las de forma segura e informada.

 

O que são fraldas reutilizáveis?

As fraldas reutilizáveis são fraldas desenhadas para os bebés e que, como próprio nome indica, podem ser utilizadas e reutilizadas uma e outra vez.

Existem vários tipos de fraldas reutilizáveis, para todo o tipo de carteiras. A questão financeira é, aliás, uma das principais razões que leva papás e mamãs a optarem por este caminho. Mas não é a única.

Aliado ao fator económico, está o fator ecológico. A utilização de fraldas reutilizáveis diminui o número de fraldas descartáveis em circulação e contribui, em larga medida, para a luta contra o desperdício.

Lembre-se que uma única fralda descartável pode demorar centenas de anos a decompor-se.

Pelo contrário, as fraldas reutilizáveis são tendencialmente produzidas em materiais mais amigos do ambiente, para além de poderem ser guardadas e reutilizadas por mães e pais de segunda viagem, por exemplo.

Há quem opte pela utilização de fraldas reutilizáveis desde o primeiro dia do bebé e há quem prefira esperar uns meses antes de as começar a utilizar. Se preferir, há até quem opte por utilizar um modelo misto, utilizando o tipo descartável e reutilizável de acordo com o seu próprio contexto.

Na prática, a escolha depende unicamente de si e da sua família. No modelo que melhor funcionar para a rotina familiar e do bebé. 

As fraldas reutilizáveis podem fazer mais sentido para uns do que para outros e isso é perfeitamente normal. Tem curiosidade em utilizá-las? Vejamos como funcionam.

 

Como funcionam as fraldas reutilizáveis?

O mais certo é pensar que a utilização de fraldas reutilizáveis não tem grandes segredos. Tem toda a razão! Mesmo assim, o modo como funcionam não deixa de ser um pouco diferente daquilo a que já se habituou.

Na verdade, o modo como as fraldas reutilizáveis funcionam tem vindo a evoluir ao longo das últimas décadas.

Se, no tempo dos nossos avós, eram precisos alfinetes de dama, hoje tudo se conjuga através de um sistema de molas ou de velcro, por exemplo. 

Existem diversos tipos e tamanhos de fraldas reutilizáveis à sua disposição e escolha certa é aquela que mais se adequar à sua realidade. 

Pode decidir-se pela opção mais económica, mas um pouco mais demorada de aplicar; ou, pelo contrário, pode decidir-se pela opção mais rápida, embora mais dispendiosa.

Mesmo assim, as fraldas reutilizáveis podem dividir-se em dois tipos genéricos: o sistema de colocação em um passo e o sistema de colocação em dois passos.

Do mesmo modo, todas se dividem ainda entre um tamanho único ou um tamanho variável e que acompanha o crescimento do bebé.

Os preços das fraldas reutilizáveis variam maioritariamente em torno destas quatro opções. O importante é conhecer e até experimentar todos os sistemas, de modo a saber qual das opções é a mais adequada à rotina familiar, em cada momento.

Vejamos cada uma das hipóteses, em concreto:

 

Fraldas reutilizáveis em um passo

As fraldas reutilizáveis cujo sistema de colocação é feito num passo têm um sistema de colocação muito semelhante àquele que já conhece nas fraldas descartáveis. Ou seja, são colocadas de uma só vez e as partes de absorção e de impermeabilização das fraldas encontram-se completamente unidas.

Normalmente, este é o tipo de fraldas considerado mais prático de aplicar e de utilizar.

 

Fraldas reutilizáveis em dois passos

Já as fraldas reutilizáveis em dois passos são compostas por duas partes diferentes. Nestas, a parte absorvente da fralda pode ser retirada e substituída por outra, nova.

Nesse sentido, este é o tipo de fralda cujo poder de absorção tende a ser maior, permitindo uma melhor noite de sono para todos, por exemplo.

 

Fraldas reutilizáveis de tamanho único

As fraldas reutilizáveis de tamanho único são aquelas cujo seu bebé utiliza uma e outra vez, ao longo do tempo. Estas vão se ajustando e adaptando ao tamanho da criança, através de um sistema de molas ou velcros, por exemplo.

Embora possam ser utilizadas desde o nascimento do bebé e até à fase de desfralde, a verdade é que estas fraldas reutilizáveis só devem ser utilizadas a partir do momento em que a criança pesa cerca de 3.5 kgs.

Contudo, o facto de virem num tamanho único pode potenciar o aparecimento de algumas fugas, principalmente quando o bebé ainda não é formosamente “rechonchudinho”.

Mesmo assim, esses episódios são raros e este tipo de fraldas tende a ser economicamente mais viável – fatores que levam muitos papás e mamãs a optarem pela opção de tamanho único.

 

Fraldas reutilizáveis de tamanho variável

Se, no primeiro exemplo, as fraldas reutilizáveis podem acompanhar o crescimento do bebé, as de tamanho variável são mais apropriadas a determinadas fases do crescimento, em específico.

Tendo em conta a rapidez com que um bebé se desenvolve, estas fraldas tendem a ser reutilizadas apenas durante um curto espaço de tempo. 

Os tamanhos variam entre o 0, 1, 2 e 3 ou entre o S, M, L e XL, dependendo de cada marca.

Mesmo assim, este é o tipo de fraldas reutilizáveis que se adequa perfeitamente ao corpo do bebé, ajudando-o a sentir-se mais confortável e a evitar potenciais fugas.

O investimento tende a ser maior (são precisas mais, também) e muitos pais optam por este caminho, não só devido ao nível de conforto do bebé, mas também porque planeiam continuar a utilizá-las em bebés que estarão por vir – o que pode acabar por compensar o investimento inicial realizado.

Tal como as fraldas reutilizáveis de tamanho único, também aqui se recomenda que o bebé as utilize a partir do momento em que pesa cerca de 3.5 kgs.

Fraldas Reutilizáveis

Como lavar as fraldas reutilizáveis?

A lavagem das fraldas reutilizáveis depende do número de fraldas que tem à sua disposição, por um lado; bem como do número de lavagens que pretende incluir na sua rotina diária e do lar.

Quantas fraldas reutilizáveis comprar e lavar? Tendo em conta que as recomendações sugerem um ciclo de lavagens de dois em dois ou de três em três dias, as contas dizem-nos que, em geral, serão necessárias cerca de 20 a 30 fraldas reutilizáveis.

De resto, lavar as fraldas reutilizáveis não tem nenhuma dificuldade em particular: basta lavá-las na máquina de lavar.

No entanto, prévio ao ciclo de lavagem, é importante que remova das fraldas reutilizáveis os sólidos que se encontrem presentes.

Ou seja, é necessário retirar o cocó do bebé e colocá-lo no recipiente próprio. Além disso, recomenda-se também que as fraldas reutilizáveis se lavem em separado das restantes peças de roupa.

Em suma, para lavar as fraldas reutilizáveis basta:

  • Remover os sólidos, antes da lavagem;
  • Lavar a frio durante cerca de 30 minutos;
  • Lavar a 40º ou 60º graus, conforme indicação na fralda;
  • Deixar secar ao ar livre.

Por último, é também recomendável que utilize um detergente suave e não faça uso dos amaciadores, uma vez que estes podem afetar o poder de absorção das fraldas reutilizáveis.

Vale também a pena sublinhar que as fraldas reutilizáveis tendem a atingir todo o seu potencial de absorção apenas após três a cinco lavagens.

No caso de utilizar uma máquina de secar, faça-o a temperaturas frias, de modo a evitar que se danifiquem ou encolham. 

 

Benefícios das fraldas reutilizáveis

As vantagens ou os benefícios das fraldas reutilizáveis são, desde logo, três:

  • São melhores para o ambiente;
  • São melhores para a pele do bebé;
  • São melhores para a sua carteira.

Uma vez que as fraldas descartáveis contêm os mais diversos químicos, é natural que as fraldas reutilizáveis permitam à pele do bebé respirar melhor, prevenindo ou evitando potenciais complicações no futuro.

Do mesmo modo, são melhores para o ambiente, na medida em que são uma escolha efetivamente mais ecológica, capaz de contribuir para a luta contra o desperdício.

Contudo, um dos maiores benefícios das fraldas reutilizáveis é a poupança que estas permitem. 

Feitas as contas, é possível poupar centenas ou até milhares de euros, dependendo também do tipo de fraldas que escolheu.

Basta pensar em quantas fraldas gasta um recém-nascido! Genericamente, um bebé utiliza cerca de oito a 10 fraldas por dia. Se multiplicar esse número pelo número de semanas num ano (52), vezes o número de anos que um bebé utiliza fraldas (cerca de dois anos e meio), rapidamente descobre que estará prestes a gastar milhares de euros em fraldas descartáveis (cerca de 2.000€).

Se optar por 30 fraldas reutilizáveis (perto de 20€ cada), vai investir 600€. Naturalmente, este é um exemplo genérico, mas que ajuda a compreender o nível de poupança que as fraldas reutilizáveis permitem. É fazer as contas adaptadas à sua própria realidade.

O investimento em fraldas reutilizáveis pode ser maior a curto prazo, mas compensa a longo termo. Principalmente a partir do segundo filho, na medida em que o investimento já está feito.

Além do mais, são bastante fáceis de aplicar e, sejamos honestos: são bastante bonitas!

Contudo, a verdade é que existem também algumas desvantagens. As fraldas reutilizáveis precisam de ser lavadas e secas mas, mais do que isso, exigem a compra de uma série de outros complementos extra, tais como são um balde para a “roupa suja” e outros sistemas de fecho ou revestimento.

 

Onde comprar fraldas reutilizáveis?

Em Portugal e lá fora, existem várias marcas que colocam à sua disposição um sem-número de fraldas reutilizáveis. Para comprar fraldas reutilizáveis, basta fazer uma pesquisa online e investigar quais as que melhor se adequam à sua situação.

Contudo, a recomendação é que comece por adquirir fraldas reutilizáveis de diferentes tipos e provenientes de diferentes marcas. Cada modelo acaba por se adaptar de forma diferente ao corpo do seu bebé, pelo que é aconselhável que descubra primeiro quais as fraldas reutilizáveis que melhor funcionam.

Lembre-se ainda que serão necessários alguns acessórios complementares, desde as toalhitas recicláveis até aos sacos impermeáveis.

Por último, lembre-se que o seu caso é único e que o que funciona para uma família pode não funcionar para a sua. Isso é normal. É até positivo: como sabe, a imprevisibilidade faz parte do percurso natural da vida do bebé, do papá e da mamã. 

Partilhe as suas experiências com a comunidade Bolas de Sabão e ajude-nos a criar um espaço de informação seguro e de confiança.

autor: Bolas de Sabão

0 comentários

Gostou deste artigo?

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *
O seu comentário ficará visível após aprovação.

Saiba mais sobre:

Acompanhe todas as novidades! Subscreva a nossa newsletter

Subscrever Newsletter