A expressão Programas Educativos pode referir-se a diferentes conceitos: aos Planos de Educação criados pela entidade reguladora da educação num país que inclui os planos de aprendizagem da escolaridade formal, ou programas tecnológicos cujo objetivo é facilitar o ensino através da tecnologia.

Dado que a tecnologia costuma ser uma maior preocupação para os pais, abordaremos o último conceito para que possa estar devidamente informado sobre as tecnologias de ensino e como tirar proveito delas.

Entende-se então por programas educativos tecnológicos, como aplicações de telemóvel ou software de computador, os que têm como objetivo facilitar a aprendizagem de variadas matérias.

 

O que são Programas Educativos?

Estes programas educativos são software ou aplicações cujo objetivo é promover o ensino e aprendizagem de diversos temas. Estes são desenvolvidos para fins educacionais como complemento ao ensino formal que os alunos recebem na escola.

Onde existe ensino, existe a constante necessidade de adaptar e atualizar os métodos correntes para fomentar a curiosidade e o desejo de aprendizagem. Captar a atenção dos alunos em sala de aula nem sempre é uma tarefa fácil e os educadores procuram sempre novas formas de interessar o seu público.

Com o avanço da tecnologia, os programas educativos existentes foram-se atualizando. Desde os programas de televisão que ensinavam inglês às atuais aplicações de telemóvel com jogos de matemática, os programas educativos evoluíram bastante.

Os programas educativos são extremamente versáteis, dado que apresentam níveis de ensino desde do pré-escolar ao secundário, incluindo ainda a educação superior e até a educação profissional. 

Para além disso, existe uma panóplia de matérias que se podem aprender neste formato. Desde disciplinas como as ciências naturais, às artes manuais ou às línguas mundiais, o céu é o limite.

Como pais, existe frequentemente a preocupação de que o seu filho não goste da escola e que isto leve ao insucesso escolar. Neste sentido, uma forma interativa e tecnológica de aprendizagem, como programas educativos, pode ser o impulso que o seu filho precisa. 

Este formato de aprendizagem não substitui o ensino formal mas oferece complementos tecnológicos que podem facilitar a aprendizagem de conteúdos estudados na escola, ensinados por profissionais da área.

É ainda importante relembrar que, independentemente dos programas educativos utilizados, os pais e responsáveis pela educação devem supervisionar o uso de tecnologia das crianças, garantindo que o conteúdo é apropriado para a idade e que o pequenote está seguro e que não navega por locais impróprios para a idade.

 

Caraterísticas dos Programas Educativos 

Como o próprio nome indica, a caraterística principal dos programas educativos é o seu conteúdo educacional. Estes são projetados para promover o ensino de variados tópicos dentro de uma área mais específica de conhecimento. 

A título de exemplo, temos as aplicações de aprendizagem de línguas. Estas plataformas promovem o desenvolvimento das capacidades linguísticas orais e escritas da língua escolhida pelo aluno.

Outra caraterística que define os programas educativos é a interatividade com as plataformas. Este é um elemento-chave que estimula os alunos a aprender através de simulações, jogos e outras atividades interessantes.

O incentivo à utilização deste software vem também do design dos mesmos. São utilizados bonecos e paisagens coloridas e com animação, que facilmente captam a atenção dos alunos, desde os mais jovens aos mais experientes. 

Os programas educativos são ainda versáteis, dado que podem ser personalizados por cada aluno – podem escolher um nickname, um avatar, ou cores -, e podem adaptar-se ao ritmo e estilo de aprendizagem de cada estudante. 

O aspeto mais atraente desta tecnologia é a acessibilidade: são de fácil acesso através da internet ou do telemóvel, podem ser gratuitos ou com um preço acessível e há centenas de programas educativos que pode escolher de acordo com o que procura.

Programas Educativos

Tipos de Programas Educativos

Afinal, que tipos de programas educativos existem por aí? É de extrema importância saber quais são os tipos de programas que são adequados e de qualidade para que o seu filho possa ter uma experiência enriquecedora. 

Os educadores e professores dos seus pequenotes saberão, com certeza, que aplicações aconselhar e dos quais devem fugir a sete pés. 

Existem inúmeras aplicações e softwares educacionais para miúdos e graúdos. Deixamos abaixo algumas sugestões de programas educativos que são considerados úteis por educadores e especialistas em tecnologias da educação. 

Um dos problemas que temos com programas educativos em Portugal é o uso do Português do Brasil, que descaracteriza a nossa língua. Os pais devem tentar corrigir estes desvios da língua.

 

ABCmouse

O ABCmouse é programa educativo online que disponibiliza aulas de matemática, ciências ou artes online para crianças até aos 8 anos de idade. 

Trata-se de um programa divertido e interessante que utiliza jogos, animações e outros recursos interativos para tornar a experiência de aprender muito divertida.

 

Khan Academy Kids

O Khan Academy é uma aplicação de smartphone grátis que tem uma versão para adultos e outra para crianças. 

A aplicação focada nas crianças tem atividades divertidas para incentivar o ensino da leitura, escrita e matemática, entre muitas outras coisas. Este programa educativo na versão Kids está focada na aprendizagem das crianças entre os 2 e os 7 anos de idade.

 

ScratchJr

O ScratchJr é uma versão da aplicação Scratch focado em crianças entre os 5 e os 7 anos. Este programa educativo introduz uma linguagem de programação muito simples, que permite ao aluno criar histórias e animações. 

 

Vantagens dos Programas Educativos

O uso de programas educativos no ensino das crianças pode trazer várias vantagens. O aumento da motivação para estudar dos alunos e o interesse pelo ensino é um benefício imensurável. 

A animação e cores das aplicações são visualmente atraentes e captam o interesse das crianças facilmente. A interatividade e promoção da criatividade mantêm os pequenotes curiosos e concentrados na sua tarefa durante mais tempo. 

Temos de considerar ainda que, num mundo cada vez mais tecnológico, existe a necessidade das crianças se familiarizarem com a tecnologia e dispositivos inteligentes. A utilização de programas educativos desenvolve as capacidades tecnológicas desde cedo e de uma forma segura.

Estas plataformas como recurso complementar à escola podem ser muito úteis, não só para as crianças, mas também para os pais. Quando falta tempo, paciência ou conhecimento para explicar como se lê a letra “x”, a aplicação pode ajudar. 

Os alunos tornam-se também mais independentes e aprendem as formas mais eficazes de estudar e compreender uma matéria, que será vantajoso durante todo o percurso escolar. 

Os programas educativos trazem, como vimos, várias vantagens: são interativos, personalizados e motivadores. Contudo, é importante monitorizar as ações dos seus filhos online para garantir que estão seguros, e estabelecer um equilíbrio entre os programas e outras atividades, como ler livros, desenhar em papel, ou andar de bicicleta.

Outra questão que cada vez vai entrar mais nas nossas vidas é a inteligência artificial, já usada em aplicações de telemóvel ou computador. É uma questão que merecerá uma abordagem própria, aguardando-se ainda legislação ou regras para o seu uso. Mas lá iremos..

autor: Bolas de Sabão

0 comentários

Gostou deste artigo?

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *
O seu comentário ficará visível após aprovação.

Saiba mais sobre:

Acompanhe todas as novidades! Subscreva a nossa newsletter

Subscrever Newsletter